A hora da Clarice ou A hora da Talita – A hora da estrela, de Clarice Lispector <3

6 me desculpem mas to com raiva hoje e não sei se vou escrever feito gente, ok?

Clarice se resume aqui neste livro. Li muitos contos dela, mas apenas dois livros infantis como livros inteiros. Infelizmente. Acontece que, ela descreve não com precisão cirúrgica, mas com destrinchamento catártico a vida de uma personagem que em princípio parecia ser sem nome. Revelada Macabéa, eu não consegui sentir nada por ela além de identificação e reminiscência. Já de outros personagens, poxa, fui camoniana em relação à protagonista. Achei, sim, que a culpa residia em todos os outros, exceto nela. Mesmo em quem quis ajuda-la vi culpa em seu fim. Digo, o fim da história. De uma inocência impactante, esse livro revela Clarice como Clarice: a estrela que nunca estará apagada e sempre terá suas horas e horas em nosso coração e memória. Estou citando o livro o tempo todo, em toda e qualquer situação, estou até mesmo assustada. Tenho medo de enjoar.

“Porque há o direito ao grito.

Então eu grito.

Grito puro e sem pedir esmola.”

Clarice Lispector

ou como diria Mila Wander, tia Clarice.

Mas agora, respondam: “Qual o peso da luz?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s